Arquicast 036 – Entrevista: Caio Dias (Projetar.org)

vitrine_cast_036

Em mais uma entrevista, Adilson (@smurfjf) e Rapha (@_rapha)  batem um papo com Caio Dias (facebook), fundador da Projetar.org, plataforma de concursos de projeto para estudantes de arquitetura e urbanismo. A conversa foi não só sobre a plataforma, mas também em como o método de concurso pode beneficiar alunos de arquitetura a melhorar seu fazer projetual. Além disso, rolou conversa sobre música, palestras e muita risada! Dá o play!

 


Confira a trilha completa no Spotify | escuta lá!


Comentados no episódio:

    • Site da Projetar.org | Site
    • Escute Mamonas Assassinas| Spotify
    • Escute The Black Keys | Spotify
    • Escute Black Rebel Motorcycle Club | Spotify
    • Escute Pink Floyd | Spotify
    • Documentário “The StoryOfWishYouWereHere” | YouTube
    • Site do coletivo de arte Idea Fixa | Site
    • Escute o álbum “AttentionDimension“ de Jack Irons | Spotify
    • Trailer do documentário “HiredGun” | YouTube

Comentários, críticas, sugestões ou só um alô mamãe em contato@arquicast.com


Assine o feed: iTunes | Android | Feed

Gostou? Compartilhe!
arquicast Written by:

2 Comments

  1. Arthur
    dezembro 15, 2017
    Reply

    Bom dia/tarde/noite, primeiro só pra dizer que admiro esse trabalho que tem sido realizado por vocês, mesmo acompanhando há tão pouco tempo (1 mês mais ou menos). As discussões tem sido muito interessantes para fomentar outras conversas sobre arquitetura entre os amigos, sendo o “A Ignorância da Arquitetura” o que eu mais compartilhei até agora hehe. Mas enfim, sobre o episódio, gostei bastante de saber como o projetar.org surgiu, assim pode me mostrar como um “estudo de caso”, ainda mais por ter participado de algumas edições. Acredito também na ideia de que concursos de arquitetura servem pra enriquecer e nos ajudar a aplicar o conhecimento que nos é passado nas universidades de forma prática, mesmo que não venha a ser construído de fato o objeto arquitetônico resultante. Quem sabe não é participando e discutindo dentro destes concursos que enfim encontraremos também uma forma de divulgar a arquitetura, da mesma forma que Carl Sagan falava sobre a divulgação da ciência haha, talvez esteja viajando também. Mas são dois pontos que gostaria de falar mais, um deles é de que, fora do brasil, vemos concursos onde há uma aparente ousadia maior por parte dos participantes, como se eles projetassem de forma mais “livre” não tão atrelados à arquitetura moderna que ainda nos é passado de forma muito forte, pelo menos na universidade que estudo, deixando “de lado” um estudo maior da arquitetura contemporânea. Isso parece acontecer também com os trabalhos de conclusão de curso, mas talvez isto seja outra discussão. Isso pode ser só uma impressão minha também. O outro ponto é que vocês comentam sobre os arquitetos que saem direto das universidades e logo abrem um escritório, mas, posso estar errado, colocam como principal fator àquele de que se quer ter algo próprio construído, uma questão mais de ego do que mercadológica. Ultimamente temos tido muita dificuldade em encontrar um espaço no mercado dentro de algum escritório, nem todos que se formam conseguem constinuar no escritório em que estagiaram, vários destes escritórios ou as vezes não tem dinheiro ou interesse de manter outro arquiteto, recém-formado, na equipe. Como praticamente um recém-formado é assim que vejo, a criação de um escritório próprio acaba sendo uma ação de empreendimento próprio devido à falta de oportunidade, não necessariamente do ego. Enfim, continuem com o bom trabalho, vou continuar ouvindo e divulgando este podcast incrível. Abraços

  2. Maria
    dezembro 15, 2017
    Reply

    Como estudante de arquitetura no último período do curso, achei muito bom o debate sobre o o formato das disciplinas de projeto que funcionam como concurso e a necessidade de exposição dos trabalhos acadêmicos para que se possa aprender através dos resultados alcançados por outros alunos. É o primeiro episódio desse podcast que ouço e fico muito feliz de ter encontrado mais um lugar disposto a discutir arquitetura fora das instituições de ensino de maneira descontraída. Parabéns pelo trabalho e no aguardo dos próximos episódios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *