Arquicast 175 – Mobilidade e Planejamento urbano

Neste episódio voltamos a conversar sobre nossa mais recente série, Mobilidade Urbana! E como mobilidade é também um problema de escala, a gente resolveu começar pensando grande, focando no papel da mobilidade para o planejamento da cidade.

Planejamento urbano é do interesse de todos, mas não é assunto para iniciantes. Por isso mesmo, convidamos profissionais que contribuem diretamente para o campo através de muita pesquisa e experiência prática! Participam com a gente Roberto Ghidini, engenheiro, observador urbano, fundador da Sociedad Peatonal e doutor em Urbanismo pela UPM (universidade politécnica de Madri); e João Flávio Folly, arquiteto, mestre em Urbanismo pela UFF e doutorando em mobilidade e Urbanismo pelo PROURB/UFRJ.

Nosso deslocamento pela cidade envolve questionamentos do tipo: para onde eu quero ir, como eu vou chegar lá, se é seguro e acessível e quanto tempo vai levar! Perceber a influência de tomadas de decisão como essas na formação de hábitos de circulação da população nos indica que planejar mobilidade vai muito além de apenas desenhar um sistema de vias.  Envolve conhecer as pessoas, seu estilo de vida e como se relacionam com o território! Além disso, envolve tecnologia, equipamentos de suporte, sinergia com os demais serviços urbanos e compromisso com políticas de longo prazo. Portanto, é melhor não improvisar!

A compreensão da macro escala característica do planejamento urbano nos ajuda a perceber como várias esferas do nosso cotidiano estão relacionadas. Para dar um exemplo, basta pensarmos que o perfil geográfico do território, por si só, influi diretamente no desenho das vias e na definição dos modais de transporte. Tanto o desenho viário quanto os modais influenciam as diretrizes de parcelamento do solo, impactando no dimensionamento dos lotes, os quais induzem o estabelecimento de determinados usos e atividades que, por sua vez, motivam os deslocamentos dos habitantes. Planejar a mobilidade significa dar conta dessas dinâmicas, equilibrando dados atuais e expectativas futuras.

Mas a complexidade do tema vem acompanhada por séculos e séculos de conhecimento acumulado na construção de habitats humanos cada vez mais adensados em termos populacionais. Muito já foi feito em diferentes contextos e por profissionais de diferentes campos, ampliando a gama de soluções e a troca de experiência. O que faz da mobilidade um tema fascinante e surpreendente.

Entre demandas coletivas e individuais, interesses públicos e privados e metas de médio e longo prazo, acompanhe nossa conversa em mais um episódio desta série. Bom cast e até a próxima!


Dicas e comentados no episódio:


Clique aqui e entre em nosso grupo no Whatsapp!

Clique aqui e entre em nosso canal no Telegram!


Siga nosso canal no YouTube


 


Comentários, críticas, sugestões: contato@arquicast.com


Assine o feed: iTunes | Android | Feed

 

 

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *