Arquicast 025 – O patrimônio nosso de cada dia

    Siga o Arquicast:

    vitrine_cast_025

    Neste episódio, propomos uma conversa sobre patrimônio e seus desdobramentos na arquitetura e no urbanismo. Adilson (@adilsonlamaral), Rapha (@_rapha) e Lili (@lilicruz) convidam a professora Milena Andreola (@ô miiila!) para esclarecer dúvidas e debater a respeito de memória e cultura para nossa disciplina. Escute e comente!


    Confira a trilha completa no Spotify | escuta lá!


    Comentados no episódio:


    Comentários, críticas, sugestões ou só um alô mamãe em contato@arquicast.com


    Assine o feed: iTunes | Android | Feed

    2 comentários em “Arquicast 025 – O patrimônio nosso de cada dia”

    1. Sou arquiteto envolvido com as questões do patrimônio, da cidade e da categoria e é a primeira vez que ouço o programa. Quero dar o parabéns a equipe e a Milena pela entrevista.
      Lembro que o Plano Diretor Participativo, que está em discussão na Câmara de Vereadores, traz alguns instrumentos novos para a preservação do Patrimônio Cultural.
      Sugiro que seja feita uma entrevista com uma das arquitetas da Secretaria de Planejamento e Gestão, envolvida na elaboração do Plano Diretor Participativo, para uma reflexão mais ampla da comunidade sobre o que está sendo proposto para o planejamento de Juiz de Fora.

      Solicito que divulguem, também, o projeto “A cidade proposta pela escola” que o Núcleo de Juiz de Fora do Instituto de Arquitetos do Brasil promove mensalmente e cuja programação pode ser vista na página do IAB/JF, no face.

      Mais uma vez, parabéns!

      Responder

    Deixe um comentário

    Em mais um episódio de entrevista, o Arquicast recebe a ilustre arquiteta Fernanda Marques. Formada pela FAU USP, Fernanda faz questão de desenvolver seus projetos…

    Hoje vamos falar sobre um tema que tem circulado entre os profissionais arquitetos nos últimos anos, principalmente através das redes sociais. Muita gente ainda tem…

    Na área da arquitetura, os desafios são inúmeros, desde longas noites até baixos salários, desigualdade e falta de transparência. Entretanto, concentrar-se apenas nos aspectos negativos…