Arquicast 169 – Mobilidade Urbana

    Siga o Arquicast:

    Neste episódio damos início a uma série de conversas que terá a Mobilidade Urbana como tema principal. Basta uma pesquisa rápida para percebermos que há muito “pano pra manga” em termos de conhecimento, experiências e novidades no universo que envolve a mobilidade nos centros urbanos e entre cidades. E para nos acompanhar nesta aguardada estréia convidamos dois especialistas no assunto: o arquiteto Fernando Lima e Rodrigo Tortoriello.

    A intenção neste cast foi introduzir alguns tópicos que iremos aprofundar ao longo e outros episódios. E nos pareceu pertinente começar do princípio: o que significa, de fato, isso que chamamos de mobilidade? A necessidade de circular e distribuir está diretamente ligada à própria origem da cidade e a forma como nossa sociedade se organizou ao longo dos séculos. O desejo de reunião e concentração que caracteriza e justifica os primeiros núcleos urbanos impôs também uma organização espacial que permitisse o melhor desenvolvimento das atividades e das trocas entre as pessoas.

    Na medida em que as cidades foram crescendo, horizontal e verticalmente, a lógica de fluxos e conexões foi se tornando cada vez mais complexa e falar em mobilidade hoje envolve muito mais que pensar em sistema viário. É um dos principais desafios para a manutenção da qualidade nas grandes cidades contemporâneas e elemento chave no planejamento de diferentes regiões.

    Dentro deste universo, há vários pontos de vista que precisam ser levados em conta. O transporte público é um dos elementos principais e está diretamente ligado à questões de desigualdades sociais espacialmente identificáveis. Aliás, as políticas de mobilidade muito têm a contribuir nesse sentido. Assim como uma necessária mudança de paradigma na cultura do automóvel que marca a história das cidades latino-americanas em geral.

    Mas há vários outros elementos desta complexa dinâmica do ir e vir. O lugar do veículo privado e áreas de estacionamento; as tecnologias e sua relação com a criação e a operação de novos modais de transporte; a caminhabilidade como opção efetiva de deslocamento urbano; bicicletas, patinetes e suas redes de apoio; a experiência da mobilidade vista por diferentes atores sociais, incluindo crianças, idosos e jovens; e muito mais.

    Dá ou não dá uma série? Então acompanhe a gente nesta primeira edição e nos ajude a construir as próximas pautas.

    Bom Cast!


    Clique aqui e entre em nosso grupo no Whatsapp!

    Clique aqui e entre em nosso canal no Telegram!


    Siga nosso canal no YouTube



    Comentários, críticas, sugestões: contato@arquicast.com


    Assine o feed: iTunes | Android | Feed

     

     

    Deixe um comentário

    Oi gente! Esse é o Arquicast 226 e hoje vamos falar sobre uma das residências mais icônicas do século XX. Construída em cima de uma…

    A tarefa deste livro foi bem ambiciosa e realizada por uma autora que não é arquiteta: compilar os vários pensamentos sobre a cidade e retratar…

      O sonho de montar um escritório de arquitetura e criar projetos autorais é uma aspiração comum entre muitos recém-formados em arquitetura e urbanismo. No…