Arquicast 182 – A volta das aulas presenciais

    Siga o Arquicast:

    Como foi o ano de 2022 para os alunos e professores das instituições que voltaram a ter aulas presenciais? Depois de dois anos a experiência de retornar ao ensino na sala de aula nos transformou para o processo de ensino e aprendizado? As aulas remotas contribuíram para a evolução de alguma metodologia, ou não? O Arquicast dessa semana conversou com professores e alunos sobre todas as experiências que passamos, e mais, como está sendo o retorno para as aulas.

    Participaram da conversa Gabriel Pessoa, aluno de Recife que está no 4º período da UNICAP (Universidade Católica de Pernambuco), e iniciou seu curso remotamente. Beatriz Sousa, de São Paulo, da Universidade Cruzeiro do Sul,  estudou metade de toda a sua formação remotamente. Para fechar a roda de conversa, Maressa Fonseca, professora do Centro Universitário de Viçosa (Univiçosa) e doutoranda na UFV. Ela ingressou na docência um mês antes da pandemia começar. Rapha e Adilson conversaram também sobre como foi durante o período entre aulas, projetos e gravações de episódios do Arquicast.

    A rotina de adaptação foi bem diferente para cada um dos participantes. A grande questão estava em renunciar ao encontro de processos analógicos, como o desenho, as visitas e as experiências com os materiais e processos. A rotinas eram sempre pautadas pelo tempo de tela, muitas vezes eliminando a verdadeira interação necessária entre aluno e professor. Por outro lado, algumas ferramentas auxiliaram no processo de organização de conteúdos e processos avaliativos, sobretudo quando o assunto era a economia nas impressões, era tudo entregue em arquivos digitais.

    Cada um teve uma reação diferente no retorno para as salas de aula, a possibilidade do encontro, os imprevistos que voltam para a rotina da vivência em coletividade. Chama a atenção as lacunas evidenciadas em alguns conteúdos, em especial, os de representação gráfica. A ausência do papel limitou o aprofundamento nas questões técnicas de leitura gráfica. As disciplinas teóricas parecem que sofreram menos, muitas vezes porque são pautadas em materiais previamente organizados em slides e textos. Porém, a aula no ambiente digital trouxe a possibilidade do hiperlink e das conexões instantâneas de referências, tornando as aulas, quando síncronas, mais dinâmicas em poucos casos do que as aulas presenciais.

    A questão da saúde mental também foi abordada, durante todo período, mas especialmente agora, no retorno ao presencial, nos demos conta de que somos muito melhores juntos e misturados. Quer saber mais sobre essa conversa? Escute o episódio completo aqui.


    Apoio:


    Clique aqui e entre em nosso grupo no Whatsapp!

    Clique aqui e entre em nosso canal no Telegram!


    Siga nosso canal no YouTube

     


    Comentários, críticas, sugestões: contato@arquicast.com


    Assine o feed: iTunes | Android | Feed

    Deixe um comentário

    A construção civil, apesar das dificuldades, vem buscando inovações para ajudar na eficiência da obra em todos os sentidos. E uma delas é o desafio…

    Esse é o Arquicast 227, e o episódio de hoje é mais um da série de mobilidade, esse tema tão extenso! E hoje vamos falar…

    O episódio 226 do Arquicast é dedicado à incrível história da Fallingwater, ou Casa da Cascata, de Frank Lloyd Wright. Em uma conversa divertida sobre…