Arquicast 195 – Maquetes Físicas

  • Qual a mais antiga forma de representação física na arquitetura? Não resta dúvida que são as maquetes. No primeiro episódio do ano, o Arquicast conversa sobre esse tema ainda pouco explorado nas publicações e discussões sobre a formação de novos profissionais.
Siga o Arquicast:

Qual a mais antiga forma de representação física na arquitetura? Não resta dúvida que são as maquetes. No primeiro episódio do ano, o Arquicast conversa sobre esse tema ainda pouco explorado nas publicações e discussões sobre a formação de novos profissionais. Afinal, as maquetes estão presentes em quase todas os lugares, nas exposições de arquitetura, muitas vezes feitas exclusivamente para elas, nos museus, como parte da exposição, e nos escritórios de arquitetura, na maioria das vezes finalizada para o grande dia da apresentação.

Esses são alguns exemplos das maquetes no mundo da arquitetura e urbanismo, no entanto, o que todo profissional gosta de ver mesmo são aquelas maquetes desenvolvidas ao longo do processo, ou melhor, aquelas maquetes que revelam a evolução de uma ideia, como os casos do escritório Bjarke Ingels e Frank Ghery, talvez os mais conhecidos de uma nova geração.

Participam do episódio duas professoras especialistas na área, Aline Calazans e Aline Pimenta, ambas com experiência em sala e aula e no mercado profissional. Um grande consenso prevalece quando o assunto é a representação física da arquitetura: a necessidade de planejamento e muita paciência, além da consciência corporal. Pode parecer estranho, mas lidar com materiais de diferentes características e propriedades é como lidar com diferentes materiais da construção, sendo necessário planejamento e verificação das compatibilidades entre eles, assim como trabalhar com bastante cuidado para não se ferir.

Outro aspecto comentado diz respeito à paciência necessária para realizar os cortes, as medições e as conferências, assim como planejar a montagem final e o transporte das peças. Talvez sejam essas preocupações que colocam a maquete física como um importante produto dentro do processo de projeto, em especial, quando se faz necessária a exposição para o público leigo, como por exemplo os empreendimentos imobiliários.

As maquetes físicas ainda são um meio importante para auxílio no projeto, por isso ainda sobrevivem como um recurso importante, mesmo com o advento dos processos digitais de representação. Elas ainda são úteis nas testagens de resistência, pontos de pressão, entre outros, nos ensaios em túneis de vento. Renzo Piano foi outro arquiteto lembrado na conversa, dado às maquetes físicas associadas às seções em projetos executivos, quase como quadros expositivos.

Se você se interessa pelo assunto e quiser saber mais sobre essa discussão, não deixe de ouvir o episódio e participar nos comentários.

Bom divertimento!

Participantes

Adilson Amaral

Adilson Amaral

Co-fundador do ARQUICAST, o Podcast de Arquitetura e Urbanismo. Arquiteto e mestre em Urbanismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Atua como professor do Centro Universitário UniAcademia e como arquiteto autônomo na cidade de Juiz de Fora, Minas Gerais. Com experiência nas áreas de projeto de arquitetura e ArchViz (Visualização Arquitetônica), viu no podcast uma ferramenta poderosa na discussão e compartilhamento de conhecimento na área, para alcançar profissionais e curiosos sobre arquitetura e espaço urbano.

Rapha Rodrigues

Rapha Rodrigues

Co-fundador do ARQUICAST, o Podcast de Arquitetura e Urbanismo. Pai do Miguel e do Joaquim, formado em Arquitetura, Mestre em Urbanismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e atual Subsecretário de Planejamento do Município de Juiz de Fora (MG), é também professor universitário há mais de 15 anos. Possui experiência nas áreas de projetos de arquitetura e design, execução e gerenciamento de obras, planejamento e projeto do espaço urbano. Idealizou o Arquicast para compartilhar experiências, escutar novas histórias e abraçar o universo das cidades e das construções de um jeito leve e divertido.

Aline Pimenta

Aline Pimenta

Mestre em Ambiente Construído (2010-2012), na área de Planejamento e Projeto do Espaço Urbano, com auxílio de bolsa de mestrado da CAPES e de Monitoria UFJF – Programa de Pós-Graduação Mestrado em Ambiente Construído – ProAC/UFJF. Bacharel em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2004-2008), dedicou-se à pesquisa através de Projetos de Pesquisa e Extensão e colaborou com a realização de Projetos de Pesquisa e Desenvolvimento. Atuou como autônoma (2009), sem qualquer vínculo com empresas ou escritórios, desenvolvendo projetos arquitetônicos que incluíram: reforma, arquitetura de interiores e design de mobiliário. Tem experiência docente desde 2011, tendo lecionado nos curso de Tecnologia em Design de Interiores – nas disciplinas Design I e III, Ergonomia, Gestão e Prática Profissional, Maquetes e Protótipos – e no curso de Graduação em Arquitetura e Urbanismo – disciplinas Projeto de Arquitetura e Urbanismo VI e VIII e Projeto Paisagístico, disciplinas de Representação Gráfica em Arquitetura e Maquetes e Modelos. Durante o período de docência, de outubro/2016 a julho/2017, coordenou interinamente o curso de Tecnologia em Design de Interiores do Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora (CES/JF), Minas Gerais. Atua profissionalmente na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Planejamento Urbano e Projetos da Edificação como Arquiteta e Urbanista associada no M+M arquitetura desde julho de 2019.

Aline Calazans Marques

Aline Calazans Marques

Arquiteta e Urbanista pela Universidade Federal de Juiz de Fora ? UFJF (2001) e Doutora em Arquitetura pelo PROARQ-FAU/UFRJ em cotutela com LRA/INSAToulouse (2017) com apoio do Programa CAPES/COFECUB (Projeto 693/10), Mestre em Engenharia Civil pela Universidade Federal Fluminense – UFF(2008). Professora Adjunta do Departamento de Análise e Representação da Forma – DARF – da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo – FAU/UFRJ. Professora permanente do PROARQ – Programa de Pós-graduação em Arquitetura da UFRJ. Professora colaboradora externa nos projetos de extensão e pesquisa do Laboratório ECOS – Laboratório de Estudos em Conforto Ambiental e Sustentabilidade e do LCS – Laboratório Casa Sustentável da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo – FAU/UFJF. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Concepção Arquitetônica, Conforto Ambiental, Representação Gráfica e Maquetes.

Apoio

Deixe um comentário

A construção civil, apesar das dificuldades, vem buscando inovações para ajudar na eficiência da obra em todos os sentidos. E uma delas é o desafio…

Esse é o Arquicast 227, e o episódio de hoje é mais um da série de mobilidade, esse tema tão extenso! E hoje vamos falar…

O episódio 226 do Arquicast é dedicado à incrível história da Fallingwater, ou Casa da Cascata, de Frank Lloyd Wright. Em uma conversa divertida sobre…